sábado, 13 de maio de 2017

Tema do mês: Moda Alternativa no Trabalho

A primeira coisa que me vêm à cabeça quando eu penso em moda alternativa no trabalho é Deka Wanko. Apesar da Ichiko ser bem corajosa ao ponto de usar lolita em uma delegacia, além de combater o crime usando burando - em algumas combinações bem esquisitas, mas não vem ao caso -, não é todo mundo que tem a oportunidade de vestir o que quiser onde quiser.

Quando se trata de trabalho, as coisas ainda conseguem ser piores. Além do patrão querer um trabalhador multifuncional e que doe todos os seus suspiros até o último sopro de vida à empresa, especialmente com o advento do modelo de produção Toyotista, temos também o maldito dresscode. De modo que os únicos momentos que sobram para algumas para usarem o que realmente gostam são aos finais de semana - isso é, se tiver folga.

Mas será possível usar lolita no trabalho? Eu diria que depende. Tudo é relativo. Primeiramente, depende de que trabalho você tem. Vou assim, falar um pouco dos tipos de trabalho, e dar algumas dicas para usar lolita, ou mesmo incorporar pequenas coisas lolitas na roupa cotidiana.
Trabalhos em escritório, ou cuja vestimenta seria algo mais social - Quem trabalha nesse ambiente pode incorporar peças classical lolita, desde que não sejam muito fancy. Saias A line em cores sólidas, blouses sem muitos detalhes e sapatos lolita mais tonned down ou mesmo sapatos sociais são bem vindos. A questão da anágua é o que complica: para nós, uma anágua murcha nem é notada; Já para outras pessoas uma anágua murcha é sinal de que você está usando algo meio estranho - "que será que está escondendo debaixo dessa saia?". Particularmente diria não à anágua, no ambiente de trabalho - a não ser que seu chefe não tenha nada contra isso. 
No caso das meias, eu preferiria ou uma cor sólida ou meias transparentes próximas ao tom da pele. Para a cabeça, um corsage pequeno, ou talvez nem isso. A marca que veio à minha cabeça nesse quesito foi a Innocent World.



Trabalhos que exigem uniforme - Nesse tipo de trabalho você não vai conseguir usar lolita, isso é fato. Assim, eu incorporaria pequenas coisas que não vão interferir no uniforme, só para meu prazer pessoal. Pode-se fazer isso usando bolsas lolita, ou mesmo totebags de brands. Para uma sweet lolita aficcionada por coisinhas fofas, talvez um pin ou button de alguma marca com uma imagem fofinha. Talvez, se for permitido na empresa, um pequeno acessório de cabelo para você lembrar o quanto ama lolita, e te ajudar a conseguir forças para aguentar um dia de trabalho difícil.

Isso me lembrou o clipe da MC Melody Doll (Mas não exagere nos acessórios desse jeito lol)



Trabalho sem dresscode definido, MAS você tem que usar calça - Eu já estive em trabalhos assim, e por mais que eu quisesse usar saias elas acabavam ficando algo bem desconfortável por ficar subindo toda hora em escadas para pegar documentos, processos e afins em prateleiras altas. Minha dica é, além de incorporar os itens descritos no item anterior, usar algumas peças lolita na parte de cima, como por exemplo, cutsews e cardigans.

Vale lembrar que até aqui não mostrei nenhum outfit propriamente lolita, já que o mais próximo que cheguei, que foi no primeiro item, não incluí anáguas. Assim, até aqui a proposta foi incorporar alguns itens lolita à vestimenta de trabalho, não sendo outfits estritamente lolita.


Trabalho sem dresscode MESMO - Vai depender muito do seu trabalho se você vai poder ou não usar lolita. Há vários fatores para se considerar nesse caso: seu chefe vai aprovar você usando anáguas no ambiente de trabalho/ não vai achar que é fantasioso demais? O trabalho que você executa oferece riscos às roupas lolita (como por exemplo, recarregar tonner)? Lolita vai ser desconfortável para usar o dia todo no trabalho? E enfim. Você conhece seu ambiente de trabalho melhor do que eu.  Se você for usar lolita mesmo, dou algumas dicas: anágua pouco armada, vestido simples/barato (que não corra os riscos de derreter se você pegar uma chuva na saída ou derrubar algo), sapatos confortáveis. A dica é simplicidade. Um casual lolita talvez pudesse ajudar.

Simplicidade é a palavra chave.





Enquanto a Moda Lolita parece mais difícil de usar, sendo possível na maior parte dos casos apenas incorporar uma peça ou outra, muitas lolitas tem optado pelo Otome Kei no dia-a-dia. Para quem não sabe, Otome é um estilo bem casual e feminino, que tem algumas coisas em comum com lolita. Porém ao contrário de lolita, o estilo Otome não tem tantas regras estritas, permitindo uma maior liberdade na hora de coordenar. Os vestidos Otome normalmente não cabem uma anágua por baixo, então fica muito mais fácil de incorporar no dia-a-dia. Eu entrei meio nessa vibe Otome e essa semana mesmo estava confeccionando um vestidinho de morangos para eu usar no dia-a-dia.


Apesar de Otome não ter um guru ou algo assim, eu tiro bastante inspiração da Misako Aoki, que vira e mexe aparece usando o estilo!







Enfim, espero que tenham gostado do post! E vocês, costumam incorporar alguma moda alternativa no trabalho?


4 comentários:

  1. Amei a crítica ao sistema no começo ❤️

    ResponderExcluir
  2. Aaah, adorei os exemplos de looks otome no final, tou querendo adotar pra usar mais os vestidos :v
    Sobre ambiente de trabalho, os looks formais que vc sugerius são super bonitos, mas infelizmente parece que as pessoas levam a gente menos a sério por causa de uma anágua. :| Dá pra falar várias coisas a respeito disso, desde a maioria dos trabalhos serem alienantes e não quererem que funcionários expressem individualidade, até uma questão de machismo mesmo: as pessoas julgam que alguém vestida de forma "super feminina" seria menos competente. Por essas coisas que acho importante bater na tecla que roupas não mudam a personalidade de alguém.
    (ps: super apoio aquele macacão da Meta pra usar em trabalho de campo haha)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão dos trabalhos é super complicada mesmo, é exatamente como você disse. Eu lembro que alguém que contornava isso magistralmente era uma lolita americana que antes eu acompanhava, que ela ia de gothic lolita para o trabalho e quando chegava lá ela trocava de roupa; aí na saída ela vestia lolita novamente para ir pra casa. Eu pensei em fazer isso quando eu trabalhava numa loja, mas é super trabalhoso, sem falar que nem sempre você tem tempo durante o serviço para ficar se trocando.
      Aquele macacão da meta é um sonho! Vou ver se quando eu for aí pra gente bater perna se acho aquele tipo de tecido em rosa! Tô super tentada a fazer! Da última vez que fui com macacão num trabalho de campo, por ele ser tamanho masculino, o cavalo da calça era super baixo, eu nem conseguia abrir as pernas direito, aí fui pular um tronco caído, sem querer enrosquei a perna nele (por causa do cavalo baixo não deixar eu abrir a perna) e nesse tronco tinha abelhas, aí conforme eu bati, elas vieram me atacar :/ . Mas se eu achar o tecido aí quero comprar pra fazer um pra mim, quem sabe bordar nas costas algo como "lolita is not dead" ou algo assim hahahha

      Excluir

Seja bem vindo (a)!
É muito gratificante ter sua opinião registrada aqui!
Deixe o link de suas redes sociais para que eu possa retribuir seu comentário. Todos os comentários são devolvidos.