sábado, 16 de julho de 2016

Review: Melissa Rocking Horse Shoes - Vivienne Westwood

 Não é segredo pra ninguém que esse sapato é um sonho de consumo de muitas lolitas, e no meu caso, desde 2008. Porém nunca cheguei a consegui-lo antes, nem pela sales, muito menos ainda pela Body Line. Com meu atual boicote à BL, achei que aqui terminava o meu sonho de possuir esse sapato, mas acabei me surpreendendo ontem: em um passeio pelo shopping em Uberlândia e uma entradinha rápida na loja da Melissa, qual não foi minha surpresa quando encontrei esse sapato dando risada na vitrine. Pois é leitoras, aqui estou, um dia depois, com ele nos pés. E vou contar pra vocês um pouco sobre esse baby.

Esse sapato faz parte da colaboração da Westwood com a Melissa, e também é um sapato deveras visado, principalmente pelo público lolita, que vibrou quando foi anunciada a colaboração (e que quase morreu de desgosto assim que viu o preço). Pois é. Mas minha sorte é que estava na promoção e de R$ 350 custou apenas R$ 210. Foi um presente de aniversário que o bofe me deu adiantado, e estou com um sorriso de orelha a orelha.
Veio nessa linda caixa com o símbolo da Vivienne. Caixa bem grande que acomoda bem o sapato. Dentro, veio embalado com um tipo de sacola de tnt, com o logo da colaboração.
O sapato é feito de PVC, e tem o símbolo da Vivienne, o qual também está presente no solado e na etiqueta interna.



Aliás, por falar em etiqueta interna, ela que suporta a tira de cetim que é amarrada nos pés. Tal tira é removível.


Dificuldades técnicas: Sim, ele é um tanto quanto pesado e meio instável pra andar, não recomendo pra quem vai andar em calçada esburacada ou mesmo chão que tenha muita pedrinha. Ele muitas vezes sai um pouco do pé, então é bom aprender a andar com ele dentro de casa antes de resolver se aventurar na rua. Apesar disso, não é um sapato lá desconfortável, mas também não é aquele sapato pra você andar a pé por várias horas. Quem for comprar, fica a dica, testar na hora e pegar a numeração que ficar o mais justa possível sem machucar o pé.
Bom, a review final fica assim:
Produto:
Preço: 
Facilidade de andar: 
Peso: 
Nota final: 

Foi um sapato que realmente compensou ter, um porque é um sonho de consumo, dois porque é de certa forma original, três porque até que é confortável, apesar de não ser uma sapato usável no dia a dia. Mas enfim, estou muito feliz com essa nova aquisição e espero que tenham gostado do post!
Ideia original foi da Amy

E vocês? Comprariam um também?

2 comentários:

  1. que invejinha de vc ter pago mais barato!! hahah eu ainda to pagando a minha XD

    Mas nooossa to tentada a pegar a branca!! Pior que ela escapa mesmo do pé!! Eu comprei 37, que é meu numero, mas devia ter pego a 36, só que tava com medo de machucar.

    Ela é confortavel, mas escapa demais do meu pé, é um saaaaaaaaaaaco andar da rua. Já tombei varias vezes. O bom é que nem riscou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu calço normalmente três numeros diferentes: 36, 37 e 38. Quando cheguei na loja peguei o 37, mas ficou sobrando mais ou menos um dedo, então não quis arriscar, peguei a 36 mesmo. Depois que aprendi a amarrar ontem, fiquei horas no shopping, andei por calçadas irregulares, asfalto com pedrinhas, o piso liso do banheiro do shopping, até por um estacionamento cheio de pedras soltas e aprendi a andar, não saiu nenhuma vez do meu pé.
      Da próxima tenta ver a 36, que acho que não vai ficar escapando. Ou compra aquelas palmilhas de colocar no calcanhar pra preencher o espaço que está sobrando.

      Excluir

Seja bem vindo (a)!
É muito gratificante ter sua opinião registrada aqui!
Deixe o link de suas redes sociais para que eu possa retribuir seu comentário. Todos os comentários são devolvidos.